sábado, 3 de novembro de 2012

FOTOS HISTÓRICAS DE MACARANI - POR FERNANDO SANDES

FERNANDO SANDES, FILHO DE SEU SANDES E DONA ZEFINHA, ENVIOU A ESTE BLOG FOTOS HISTÓRICAS DE MACARANI, QUE PUBLICAMOS A SEGUIR, COM O TEXTO ESCRITO POR ELE, NA ÍNTEGRA.
 

Minha família morou em Macarani entre 1954 e 1974. Meu pai foi Coletor Federal e Inspetor do Ginásio São Pedro na sua fundação. Morreu em 22 de março de 1970 e está enterrado no Cemitério de Macarani. Minha mãe, depois de viúva, continuou morando em Macarani até 1974 quando se mudou para Feira de Santana. Eu vivi minha infância em Macarani onde tive como primeira professora, Neide, filha do Sr. Bião, depois fui aluno de Maria Pires, Professora Maria da Glória e Jacyra. No admissão ao Ginásio, fui aluno de Diu e Suzana tb, entre outras. Colega de Dau Mingau (Adalberto Souto) em todo curso primário.
Quando Pe. Ângelo chegou a Macarani (1963) tive interesse despertado em ir para o Seminário. Fui junto com Edinho, filho do Sr. Luiz do Armazém. Em 1968, desisti de voltar pro Seminário e passei a estudar o ensino médio em Salvador. Morei na pensão de Dona Bionor, juntamente com Jocaéis, Ruy e Dedé de Ubaldo, Roberto Botelho também. Tive minhas primeiras namoradas em Macarani e essa cidade entrou cedo no meu coração e, ainda que demore muitos anos pra voltar, o amor e o carinho por ela não acaba. O blog de vcs me trouxe muita emoção ao ver tantas fotos que me fizeram reviver um tempo inesquecível da minha vida. Antes eu havia comentado a foto do oratório de S. Antonio da minha mãe, foto que Dau mandou. Só hoje li o comentário de Dona Nicinha, abaixo do meu, registrando que ela lembra de mim, ainda garoto, na casa dela. Muito boa sensação de reencontro mesmo sendo virtual.
Hoje, estou com 60 anos, casado, tenho dois filhos (um rapaz com 17 anos e uma moça com 15 anos). Morei em Salvador, onde me formei em Direito na UFBA e ingressei no serviço público federal como servidor do Banco Central do Brasil. Morei tb em Brasília, onde meus filhos nasceram, e moro atualmente em São Paulo. Estou aposentado como servidor do BCB desde janeiro de 2011. Depois que minha mãe mudou de Macarani, passei por aí duas vezes – 1996 e, se não me engano, 2001 – mas passagens muito rápidas indo ou voltando de Porto Seguro, tempo menos de um dia.
Como gostei de ver as fotos que outros enviaram, estou tembém enviando algumas do meu “acervo” para também colaborar.  
Abraços,
Fernando, filho de “Seu” Sandes e Dona Zefinha.
Clique nas fotos para ampliar.















 

11 comentários:

Portal da Língua Portuguesa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Portal da Língua Portuguesa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Portal da Língua Portuguesa disse...

Amei rever essa sua história, morei em MAcarani de 78 a 86, estudei nas escolas Reunidas e Colégio São Pedro onde fiz meu magistério, amo essa cidade, mas faz um 'tempinho' que não vou lá. Hoje moro no Maranhão, agora em janeiro faz 26 anos que moro aqui, mas aindo me sinto totalmente baiana e macaraniense. Os meu parente (Zé de Pio / Bei / Inácia e outros) moram em Macarani.

Clésio disse...

Muito bom rever essas fotos antigas de nossa querida Macarani, abraço a todos.....

Adalberto Souto disse...

Ao amigo inesquecível Fernando de dona Zefinha, quero te dizer que Macarani tem coisas inexplicáveis, uma delas é o amor que a gente sente pela terra. Quanto mais tempo passa, mais a saudade aumenta.
Eu nasci e morei ai até 1964, já se passaram mais 45 anos, mas a saudade é a mesma.
Fernandoooo prá você que não me esqueceu aquele abraço e um beijo no seu coração do irmão
Dau Mingauuuu.

Fernando moro em Castanhal - Pará, mas trabalho em Belém, sou Defensor Público, atualmente ocupo o cargo de Subdefensor Público Geral do Estado.

Fernando Asc disse...

Obrigado, Dau!
Quando eu estava em Brasília, mantivemos contato. O seu e-mail mudou? Vc aderiu ao facebook?
Aquelas suas memórias que vc estava escrevendo já foram editadas?
Lembro daquela história de Seu Frederico...
Nós fomos colegas com as Profa.s Neide, Glorinha e Jacyra.
Grande abraço! Bj no coração!
Fernando

juarez (pango} disse...

DAU, MEU NOME É JUAREZ ACHO QUE DAU . VOCÊ NÃO SE LEMBRA DE MIM MAS TENHO UMA PEQUENA LEMBRANÇA DE VOÇÊ ACHO QUE VOÇÊ MATOU A PAU QUANDO DISSE QUE ALGO DE ESTRANHO ACONTECE EM MACARANI POIS SAÍ DE LÁ EM 1973 E A SAUDADE ME CORROI TODOS OS DIAS , LUTO CONTRA ELA PELA INTERNET , SERÁ QUE SOMOS ETS?



ABRAÇOS JUAREZ

Adalberto Souto disse...

Olá Juarez, lembro de você, cabelo liso, castanho indo para o loiro, nariz afilado, rosto meio cumprido e dese de pequeno já se achava homem, voce é mais novo do que eu uns 04 anos.
Vou sempre a Macarani no São Pedro, vejo os primos Kidão, Guilhermino, Armenio, Nonda e Evandoir e os amigos que já são poucos: Carlos de Zezé,Professora Dio, Conceição de Dona Áurea, Zequinha de karoba morreu, Ademar Gentil.

Fernando Sandes disse...

O Juarez que escreveu o comentário postado no dia 16/11/2012, por acaso seria o Juarez "de Panga"? Se for, me lembro dele tb.
Abs.
Fernando

juarez disse...

OLÁ DAL , OLÁ FERNANDO QUE LEGAL ESTAR COMUNICANDO COM VOÇÊS DEPOIS DE TANTO TEMPO, NAQUELA EPOCA MACARANI TINHA FAMÍLIAS TRADICIONAIS COMO DONA ZEFINHA E SR SANDES MUITO QUERIDOS POR TODOS A FAMILIA SOUTO TAMBEM NA FOTO DA FESTA DO PADROEIRO QUE APARECE DONA ZEFINHA TAMBEM APARECE DONA CLARICE A ESPOSA DE SR LUIS DO ARMAZEM QUE TINHAM FILHOS COM NOMES COMEÇADOS PELA LETRA W E AO FUNDO APARECE NÂO SEI BEM SE É O WEDSON OU WELINGTON

ABRAÇOS JUAREZ

Fernando Asc disse...

Legal, Juarez!
Que bom depois de trinta a quarenta anos voltar a ter contato! Engraçado é que permanece em nossas mentes a última imagem de quando nos vimos... Você com aquele cabelo liso aloirado penteado para o lado, parecendo que "dormia de touca"... rss... (Na época, tinha muita gente que, igual ao cantor Roberto Carlos, usava touca de meia de mulher quando ia dormir para deixar os cabelos mais lisos no dia seguinte). Isso mesmo! Imagino que deva estar bem diferente, como eu estou tb, porque a idade não perdoa ninguém. kkkk...
Onde vc está morando agora? Fale de vc um pouco e, se quiser, utilize meu e-mail para contato: fernando.2051@gmail.com

Grande abraço,
Fernando